quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Prograd inscreve para Mobilidade Interna

De 05 a 14 de janeiro de 2011 a Pró-reitoria de Graduação da Universidade de Pernambuco (UPE) receberá os requerimentos para o seu programa de Mobilidade Interna destinado a alunos de graduação. Os interessados em participar deverão solicitar a ocupação da vaga remanescentes na Unidade de Educação do curso pretendido, de acordo com a disponibilidade de vagas.
A Mobilidade Estudantil, integrante do Programa de Mobilidade Acadêmica da UPE, objetiva a ocupação das vagas remanescentes decorrentes da desvinculação de alunos da Universidade, através da reintegração e dos interesses de estudantes candidatos à mudança para o mesmo curso ou cursos afins, na sua unidade de origem ou não. Para concorrer às vagas é necessário que o candidato tenha abandonado o curso, no máximo até três anos, não computados os períodos de trancamento. Outra condição prévia é estar dentro do prazo de reintegração curricular. Confira as vagas disponíveis em cada unidade, clicando aqui.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

7ª Bienal divulga trabalhos selecionados para mostras artísticas

13 Trabalhos de Pernambuco, são aprovados na Bienal, Parabéns Pessoal!!!

Confira a lista dos trabalhos selecionados Informações e dúvidas: bienal@une.org.br Da Redação

Como de costume, durante as bienais da UNE, acontece a tão esperada Mostra Artística e Científica, um dos motores que giram o movimento cultural protagonizado pela entidade para socializar os projetos desenvolvidos pela juventude. Este ano, a 7ª Bienal da UNE tem mais o que comemorar: foram 1101 inscrições de trabalhos vindas de todos os cantos do Brasil, da Paraíba a Porto Alegre, do Acre a Minas Gerais, entre vídeos, instalações, peças de teatro, bandas de música, obras literárias e outros, que conseguiram cumprir com êxito o papel de engrossar o caldo e qualificar ainda mais esta edição.

Os critérios para a seleção de trabalhos nas áreas de artes integradas, música, artes cênicas, artes visuais, audiovisual, literatura, c&t, mostra CUCA e atividades autogestionadas foram de acordo com a originalidade do conteúdo, bem como o ineditismo e a regionalidade. Os que dialogaram com o tema desta edição - "Brasil no estandarte, o samba é meu combate" - também tiveram destaque durante a seleção que, ao todo, rendeu 201 trabalhos.

Para o coordenador de mobilização do festival, Rafael Buda, além da quantidade, a Bienal este ano ganhou também em qualidade por conseguir contemplar todas as regiões do Brasil. "A seleção dos trabalhos pôde abraçar toda a diversidade cultural brasileira. Todos os estados e regiões do Brasil passaram pela curadoria, assim como estudantes e não estudantes, pontos de cultura, artistas iniciantes e já experimentados. Além disso, o fato de termos realizados várias Pré-Bienais Brasil afora também impulsionou a inscrição de trabalhos e a divulgação da Bienal como um todo", avaliou Buda.

O coordenador geral do CUCA e diretor de cultura da UNE, Fellipe Redó, acredita que os trabalhos selecionados para se apresentarem na 7ª Bienal revelaram o caráter cada vez mais plural que vêm marcando a história da entidade. "Foram mais de 1.000 inscrições do país todo e uma da Argentina. Nossa rede no movimento cultural se ampliou e mesmo aqueles que não foram selecionados já fazem parte dela. A Bienal consolida-se como processo de oxigenação e fortalecimento da cultura juvenil", explicou.

Já para a coordenadora de áreas, Eleonora Rigotti, o grande desafio foi garantir o diálogo entre as áreas e o tema da Bienal. "Procuramos garantir uma programação coesa, na qual as áreas dialoguem entre si e com o tema de uma forma geral. Atividades autogestionadas e artes integradas são uma inovação desta edição e vão contribuir com a proposta da Bienal", afirmou. A coordenadora também explicou que, nesta 7ª edição, houve uma nova reconfiguração nas inscrições de trabalhos. "Em comparação com a 6ª Bienal, houve mais inscrições nas áreas de música, artes visuais e literatura, que representaram, juntas, 46% do total".

A curadoria das nove áreas foi formada pela coordenação geral da 7ª Bienal, com apoio de profissionais da área e artistas. Os trabalhos serão apresentados entre os dias 18 e 23 de janeiro de 2011, próximo verão, no Rio de Janeiro. Vale lembrar que, para os selecionados, não é necessário fazer a inscrição individual, pois a taxa de R$ 100,00 será automaticamente abonada. Além disso, haverá um pro labore no valor de R$100,00 para aqueles que apresentarem seus trabalhos e estadia em alojamento específico

Todos os selecionados receberão e-mail e telefonema comunicando a notícia. Os contatos serão feitos pela coordenação da bienal através do e-mail oficial (bienal@une.org.br), bem como por telefone, para formalizar a aprovação e recolher a documentação necessária para apresentação. Todos os trabalhos selecionados serão incorporados à programação oficial da Bienal que, em breve, será divulgada no sitio da UNE.

Segue abaixo a lista dos Coordenadores de cada área: Coord. Geral: Fellipe Redó

Coord. Áreas: Eleonora Rigotti

Coord. Mobilização: Rafael Buda

Coord. Artes Cênicas: Thiago Pondé

Coord. Artes Visuais: Andressa Argenta

Coord. Audio Visual: Renata Nascimento

Coord. Música: Guilherme Barcelos

Coord. Literatura: Elisa Ferreira

Coord. Ciência e Tecnologia: Vasco Rodrigo

Coord. Mostra CUCA: Cassia Olival Confira a quantidade de trabalhos selecionados por área:

Áreas

Número de inscritos

Número de selecionados

Artes Visuais

205

17

Audiovisual

87

13

Literatura

138

20

Artes Integradas

42

4

C&T

206

99

Música

184

14

Atividades Autogestionadas

89

5

Mostra CUCA

56

21

Artes Cênicas

94

8

Total de inscritos: 1101

Total de selecionados: 201

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Relatório do Seminário de Auto-Avaliação da UPE

Ocorreu nos dias 09 e 10 de dezembro o II Seminário de Auto-avaliação da Universidade de Pernambuco no Recife Praia Hotel em Boa Viagem, onde foram discutidas e organizadas as diretrizes para a avaliação das unidades da UPE. Todos os diálogos foram referidos respeitando a missão da UPE: “Contribuir para o desenvolvimento sustentável de PE através do ensino, da pesquisa e da extensão universitária”.

As discussões foram divididas em três eixos principais: Saúde/Hospitais, Educação e Ciência/Tecnologia; onde seriam avaliados em três etapas (estrutura, processo e resultado), verificando vários aspectos da universidade como equipamentos, recursos humanos, gestão financeira e hospitalar, atividades educacionais, atividades de pesquisa e extensão. Além da organização das diretrizes de avaliação, ocorreram palestras referentes ao tema “Avaliação”, como a palestra da Profª Drª Elba da Universidade Federal da Paraíba, onde foi esclarecido que a avaliação é um processo aberto, em forma de espiral. Ou seja, com a participação de toda a comunidade acadêmica.

Após os dois dias de seminário, as referências construídas em conjunto entre as unidades da capital e do interior (POLI, FCAP, FCM, FENSG, ESEF, ICB, FOP, FFPNM e FFPP), o diretório acadêmico da ESEF e o Diretório Central dos Estudantes, fica a espera pelo lançamento do documento oficial no site da UPE (www.upe.br).

Por Daniel Rocha (Presidente do D.A. ESEF – Gestão coletiviD.A.de 2011)

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Dilma quer Luciana Santos no Ministério do Esporte

Dilma quer Luciana Santos no Ministério do Esporte

Fonte: Jc.com.br

A presidente eleita Dilma Rousseff deve anunciar hoje o nome da ex-prefeita de Olinda e deputada federal Luciana Santos (PC do B) para o Ministério do Esporte. Definida a cota desse partido, a prioridade é fechar um acordo com o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Como o deputado Ciro Gomes voltou à cena pedindo um dos dois ministérios reservados para o partido, o PSB quer mais uma pasta para apaziguar a bancada na Câmara. Ontem, Dilma anunciou mais três ministros. Decidiu manter Carlos Lupi (PDT) no Ministério do Trabalho e Izabella Teixeira - como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedira - à frente do Meio Ambiente. Outro que foi confirmado no posto é Fernando Haddad, que seguirá na Educação. Agora, são 23 nomes anunciados, em um total de 37 ministérios. Em conversa com a presidente eleita na Granja do Torto ontem, a cúpula do PC do B reivindicou a manutenção de Orlando Silva no Esporte, mas Dilma não atendeu, alegando que a pasta ajudaria a compor a cota de mulheres no ministério. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

GAP-UFPE inicia inscrições no próximo dia 18

Prazo vai até o dia 22 de janeiro; aulas começam em fevereiro

Da Redação do pe360graus.com

O Grupo de Apoio ao Pré-Vestibular e Concursos (GAP) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) inicia, no próximo dia 18, as inscrições para os cursinho oferecidos pela iniciativa - as modalidades são Pré-Enem, Isoladas Pré-Vestibular e Básico para Concurso. Os interessados vão responder a um questionário sócio-econômico e fazer uma prova de nivelamento - esta apenas para Pré-Enem e Isoladas. É preciso levar a carteira de identidade e a última conta de energia, além de pagar uma taxa de inscrição de R$ 10,00. Confira o calendário de atividades: 18 a 22 de janeiro - Inscrições 24 de janeiro - Provas 26 de janeiro - Divulgação do resultado 26 a 27 de janeiro - Matrículas 28 de janeiro – Divulgação do remanejamento 1º de fevereiro - Início das aulas O GAP é um projeto de extensão da UFPE no qual alunos e ex-alunos da UFPE dão aulas para quem está interssado em aprofundar os conhecimentos para prestar vestibular e concursos.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Parabéns!!

Mais uma vez o Diretório Homenageia um dos seus presidentes, e hoje os desejos de felicidades e muita paz vão para um ex-Presidente, um aluno com muita personalidade, ética e empenho em fazer, realizar e participar das atividades dentro e fora da Acadêmia. Mais um ano se passou, muitas lutas conquistas e o importante é que continua firme no teu processo de fortalecimento interior, de construção e felicidades.
Meus Parabéns Jerônimo Correia de Morais!!!

domingo, 5 de dezembro de 2010

X Simpósio Nordestino de Atividade Física e Saúde

Na Décima edição do Simpósio o objetivo principal é colocar em evidência a discussão sobre as diferentes estratégias que podem ser utilizadas para a promoção de estilos de vida mais saudáveis, resgatando as experiências de sucesso do passado, através dos relatos de experiências vivenciadas pelos diversos atores e segmentos sociais envolvidos com esta problemática e, disseminando novas propostas e metodologias mediante conferências e fóruns de discussão que serão ministradas por especialistas de renome nacional e internacional. O Simpósio Nordestino de Atividade Física e& Saúde é uma iniciativa que colocou a região Nordeste do Brasil no centro destas discussões, região geográfica onde coexistem problemas de natureza carencial e comportamental que afetam a saúde e a qualidade de vida das coletividades. Trata-se de um evento que foi criado com finalidade de permitir maior integração entre os pesquisadores e profissionais que atuam na área da atividade física relacionada à saúde, além de proporcionar oportunidades de atualização e de interação que até então só ocorriam nas regiões sul e sudeste. O Simpósio é um evento anual e itinerante, de caráter eminentemente acadêmico-científico, mas que cumpre, igualmente, o papel de atualização e formação continuada para os profissionais egressos dos cursos de formação inicial. O primeiro Simpósio Nordestino de Atividade Física & Saúde aconteceu em agosto de 1999 na cidade de Olinda (Pernambuco). Nos anos seguintes o evento foi realizado, respectivamente, nas cidades e pelas seguintes instituições: na Bahia (Salvador/2000), sob a chancela da Universidade Federal da Bahia (UFBA); na Paraíba (Campina Grande/2001), sob a chancela das Universidades Federal e Estadual da Paraíba (UFPB e UEPB); em Alagoas (Maceió/2002), sob a responsabilidade do Instituto Batista de Ensino Superior de Alagoas (IBESA); Sergipe (Aracajú/2003), sob a chancela da Universidade Federal de Sergipe (UFS); Paraíba (João Pessoa/2006), sob a chancela da Universidade Federal da Paraíba; na Bahia (Lauro de Freitas/2007), sob a chancela da UNIME e Sergipe (Aracaju/2008) sob os auspícios da Universidade Federal de Sergipe. Neste ano de 2010, acontecerá outra vez na Cidade de Aracaju. Beneficiam-se da sua realização todos aqueles profissionais e estudantes de áreas do conhecimento relacionadas à promoção de saúde e do estilo de vida saudáveis de indivíduos e grupos populacionais, como educação física, medicina, fisioterapia, enfermagem, curso de tecnologia em lazer e qualidade de vida. Não há dúvida de que existe uma grande demanda, no próprio estado, de profissionais graduados e estudantes universitários que podem se beneficiar, ampliando e atualizando conhecimentos relacionados a esta temática. Devido a carência de eventos científicos que discutam de maneira multidisciplinar o binômio atividade física e saúde, acredita-se numa participação bastante expressiva de estudantes e profissionais locais. Além do mais, espera-se que, como nas edições anteriores do simpósio, a participação professores e acadêmicos de graduação e pós-graduação de outros estados seja expressiva. A proposta do Simpósio é exatamente essa, criar oportunidades e um ambiente favorável à discussão sobre evidências científicas e intervenções da atividade física para a promoção da saúde, criando perspectivas de melhoria do nível de conhecimento dos profissionais da área.
PALESTRANTES:
Prof. Dr. Adair da Silva Lopes (UFSC – Santa Catarina) Prof. Dr. Afrânio de Andrade Bastos (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. Dr. Antonio César Cabral de Oliveira (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. Dr. Carlos Roberto Rodrigues Santos – (NUPAFISE/DEF/UFS – Sergipe) Prof. Dr. Édio Luiz Petroski (UFSC – Santa Catarina) Prof. Dr. Francisco José Gondim Pitanga (UFBA – UCSAL - Bahia) Prof. Dr. José Marcos Monteiro (DEF/UFS - Sergipe) Prof. Dr. Juarez Vieira do Nascimento (UFSC – Santa Catarina) Prof. Dr. Marcos Bezerra de Almeida (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. Dr. Markus Nahas (UFSC – Santa Catarina) Prof. Dr. Mauro Virgílio Gomes de Barros (UPE - Pernambuco) Prof. Dr. Randeantony C Nascimento – (NUPAFISE/DEF/UFS – Sergipe) Prof. Dr. Robelius De Bortoli (DEF/UFS - Sergipe) Prof. Dr. Rogério Carvalho (DME/UFS - Sergipe) Prof. Esp. Valter Santos Filho (SEC - Sergipe) Prof. José Robson dos Santos (UNIT - Sergipe) Prof. MSc José Jean de Oliveira Toscano (UFAL - Alagoas) Prof. MSc Silvan Silva de Araújo – (UNIT – Sergipe) Prof. MSc. Ailton Fernando Santana (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. MSc. Bráulio Cesar Mendonça (UFAL – Alagoas) Prof. MSc. Ciro José Brito (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. MSc. Evandro de Sena e Silva (DEF/UFS - Sergipe) Prof. MSc. José Cazuza de Farias Júnior (UFPB - Paraíba) Prof. MSc. Leonardo Mataruna (CEFAM – Rio de Janeiro) Prof. MSc. Marcelo Haiashi (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. MSc. Roberto Jerônimo da Silva (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Prof. MSc. Wallacy Feitosa (CMPE - Pernambuco) Profª. Dra. Débora Malta (Ministério da Saúde - Brasília) Profª. Dra. Paula (Universidade do Porto - Portugal) Profª. MSc. Elze Plácido – (UNIT –Sergipe) Profª. Dra. Cássia Damiani (Ministério do Esporte - Brasília) Profª. Esp. Martha Maria Viana Bragança (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe) Profª. Esp. Roberta Santos Kumakura (NUPAFISE/DEF/UFS - Sergipe)
O site do simpósio é : www.simposione.com.br Jessyka Mary V. Barbosa

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Programação e Trabalhos Aprovados no Encontro de Pesquisa da ESEF

Parabéns a todos Alunos que tiverem seus trabalhos aprovados, boa sorte durante a Apresentação. Parabéns Aninha!!!

RELAÇÃO DE TRABALHOS APROVADOS

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES:
► Apresentação de pôsteres
Deve ter 1,30 cm de altura por 90 cm de largura; Deve possuir uma corda para fixação no cavalete
Sugestões adicionais: o trabalho deve ser auto-explicativo, com o pouco texto muitas ilustrações (figuras, diagramas e tabelas), as conclusões devem ser na forma de (poucos) itens.
É obrigatório que o apresentador do pôster permaneça na sessão durante todo o período.
► Tema livre
É recomendado que o apresentador chegue ao local pelo menos 15 minutos antes do início da sessão de temas livres (e não antes da sua apresentação) para que possa testar seu material no computador.
Deve ser preparado em Power point 2003
A duração de cada comunicação será de 10 minutos, e posteriormente haverá 5 minutos para argüição.
Não será tolerado atraso.
► Click aqui para acessar a relação dos trabalhos aprovados (Comunicações e Pôsters)

UNE e UBES defendem que executivo não vete 50% do Pré-sal para a educação

Na madrugada desta quinta-feira (2), Câmara dos Deputados aprovou Projeto de Lei que determina que 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-sal sejam destinados à Educação! Após meses de ampla campanha realizada em todo o Brasil pelas entidades estudantis em defesa do patrimônio brasileiro, o grito das ruas finalmente ocupou as galerias da Câmara Federal e levou os deputados a uma decisão histórica. Por 204 votos a favor, 66 contra e duas abstenções, o Congresso Nacional aprovou na noite da quarta-feira (1) o projeto de lei do pré-sal que cria o Fundo Social e muda o sistema de exploração do petróleo de concessão para partilha. Tema original do Projeto de Lei 5940/09, o Fundo Social, criado com a aprovação do substitutivo do Senado, terá recursos da exploração do petróleo do pré-sal para aplicação em programas sociais. O texto aprovado reserva metade do dinheiro para programas de educação. Desse total, 80% deverão ser direcionados à educação básica e infantil. As entidades UNE, UBES e ANPG comemoram a aprovação do projeto como uma vitória histórica para os estudantes, professores e todos que lutam para aumentar os recursos destinados à educação brasileira, com objetivo do país alcançar 10% do PIB em investimentos na área. Desde que foi anunciada a descoberta da camada pré-sal e seu potencial, as entidades estudantis defendem que essa riqueza permaneça nas mãos dos brasileiros, reparando um erro histórico que o pais cometeu em determinados ciclos de riqueza. “Não há política pública mais efetiva do que a Educação”, defende o presidente da UNE, Augusto Chagas. “É uma grande oportunidade saldar uma dívida histórica com os brasileiros, com real investimento em Educação. Esse patrimônio deve servir ao país!”. Chagas lembra que não pode acontecer com o pré-sal o que já houve com o pau-brasil, com o café, exemplos de ciclos econômicos que estão registrados nos livros de história mas não se traduziram em benefícios à população. “É uma grande vitória. Investir em educação é construir uma nação forte e soberana”, declarou o senador Inácio Arruda nos primeiros minutos da manhã desta quinta-feira. Arruda é autor da emenda que diz que 50% do total da receita destinada ao Fundo Social “deverão ser aplicados em programas direcionados ao desenvolvimento da educação". “Fico muito feliz de ter tido a oportunidade de contribuir para a transformação de nossa realidade através da educação”, completou a co-autora do texto, senadora Fátima Cleide (PT-RO). Muita celebração e congratulações circularam na web pelo microblog Twitter, ferramenta que o movimento estudantil usou para alertar os brasileiros e sensibilizar parlamentares durante grande mobilização da cibermilitância que desencadeou uma guerrilha virtual capitaneada pela UNE. Agora, é pressionar o executivo Para o presidente da UBES, Yann Evanovick, essa é a vitória de uma geração. “Após a conquista do volto aos 16, essa foi a nossa maior vitória. Precisamos reafirmar o nosso posicionamento para que consigamos a sansão presidencial. E essa mobilização tem de ser feita de forma maciça pelo movimento estudantil e a juventude brasileira, para que o presidente Lula se sensibilize com essa necessidade e não vete os 50% do Fundo Social do Pré-sal para a Educação”, convocou. "A conquista de 50% do Pré-Sal pra Educação é motivo de muita comemoração para a ANPG. Há muito estamos construindo essa campanha em conjunto com a UNE e a UBES. É hora do Brasil pagar de uma vez por todas a dívida histórica com a Educação. A expectativa agora é que haja investimentos em Conhecimento Científico, através do aumento de bolsas de Iniciação Científica, por exemplo. Popularizar a ciência no Brasil é necessário! A batalha das entidades estudantis continua", destacou a presidente da ANPG, Elisangela Lizardo. Histórico de lutas pelos 50% do pré-sal para a educação Foi em março deste ano, durante a Conferência Nacional de Educação (CONAE), que a emenda dos 50% do pré-sal para a educação tomou corpo e foi protocolada no parlamento. Enquanto estudantes batalhavam no auditório Ulysses Guimarães para aprovar textos na CONAE que garantissem mais financiamento da educação, diretores da UNE e a da UBES coletavam assinaturas de senadores para apresentação de emenda ao PL da Câmara que cria o Fundo Social, destinando 50% para a educação. A emenda, de autoria do senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) e da senadora Fátima Cleide (PT-RO) foi aprovada em junho na Casa. No texto ficou assegurado que dos recursos, 80% deverão ser direcionados à educação básica e infantil e o restante no ensino superior. Mas essa mobilização teve início bem antes. Em setembro de 2009 a UNE lançou a campanha que ganhou corações e mentes em território nacional e conseguiu unificar uma pauta de mobilização de todo o movimento educacional. O tema: “50% do Fundo social do Pré-Sal para educação e por um novo marco regulatório do petróleo com monopólio estatal”. Para o presidente da UNE, essa bandeira que a entidade passou defender coloca os estudantes “novamente como protagonistas de um momento ímpar para o Brasil”, a exemplo da histórica campanha “O Petróleo é Nosso” que culminou na criação da Petrobras.
Debates pelo país foram realizados pela UNE para esclarecer o objetivo da campanha e conscientizar os brasileiros sobre a necessidade de que essa riqueza fique nas mãos dos brasileiros. Destaque ainda para a jornada de lutas 2010, que teve papel fundamental na mobilização da rede estudantil pelos “50% do pré-sal para a Educação”. Essa foi a principal bandeira, defendida nas ruas de todas as capitais. Da redação da UNE

Carta de um Professor Doente.

Para refletir, SE quiser...
CARTA DE UM PROFESSOR DOENTE. (publicado no site de notícias da SBPC 2010 - Recife) Quinta-feira, 02 de Setembro de 2010 Estou doente... Produzo mais papéis e máquinas e menos seres humanos, indivíduos! A nossa era se chama PRODUÇÃO CIENTÍFICA...
Quanto preciso estar on-line e ligado 24 horas para produzir: 5 artigos por ano, pelo menos 1 Qualis A1 e os demais podem ser A2, B1 ou B2, mas o resto não interessa; pelo menos 1 livro e um capítulo de livro por ano? Ah! Não posso esquecer das comunicações em eventos! Devem ser preferencialmente trabalhos completos, publicados nos anais em Congressos Internacionais porque os resumos expandidos e os simples não contam nada na nossa avaliação. E se forem em eventos regionais ou locais menos ainda.
Devo participar de 2 Programas de Mestrado como efetivo e um terceiro como Colaborador. Devo ministrar 4 ou 5 disciplinas na Graduação, ou se não for assim preciso ter 4 ou 5 turmas, com pelo menos 50 vagas ofertadas para ministrá-las. Muitas das vezes, em espaços que comportariam muito menos... Quantos créditos: 12, 16, 20 ou 24 por semestre?
Devo ministrar também 1 ou 2 disciplinas na Pós-Graduação. Preciso orientar os trabalhos de conclusão de curso (4 ou 5, às vezes só um pouco mais por semestre). Preciso orientar pelos menos dois estudantes de Mestrado por ano... Ah! Eles precisam defender suas dissertações em 24 meses... O ideal já seria defender em 18 meses! E os Co-orientados? Quantos? Tenho ainda os estágios, os projetos de fomento e de PIBIC. Ainda faltam as comissões e os cargos administrativos!
Precisamos de mais cursos, mais di sciplinas e mais estudantes, mais cargos e mais comissões... Assim, ganhamos mais TRABALHO e temos menos VIDA. Meu tempo está acabando... O dia é muito curto e as 24 horas já não me são mais suficientes. Que tal repensarmos o nosso Calendário? O dia poderia ser um pouco maior e o ano poderia ter mais alguns meses... Puxa! Como seria feliz por isto... PODERIA TRABALHAR MAIS! Muito mais, pois ainda preciso ser bolsista de produtividade. Quero também ser pesquisador!
Antigamente, o Professor era Senhor ou Senhora, um segundo pai ou uma segunda mãe, um tio ou uma tia. Era também um EDUCADOR. Um erudito e um verdadeiro HERÓI. Hoje o professor é brother, chapa, meu brô e véio, entre outros... Muitos outros!
O bom é que temos mais professores. Muito mais! Por outro lado, temos menos salas e dividimos os nossos 15m2 (chamado gabinete) com mais 3 ou 4 e to dos os seus orientandos também. Pelo menos não posso reclamar de solidão no trabalho, nem de monotonia. A vida de Professor é pura agitação... Altas baladas como dizem. Meu dia de trabalho terminou na Instituição... A jornada de trabalho de um celetista é de 44 horas por semana, com tendência natural de reduzi-la. E a nossa de professor? Isto é muito pouco!
Além da nossa rotina diária, ao chegarmos em casa precisamos continuar TRABALHANDO! Tem as correções de provas, aulas e notas de aulas para serem preparadas, seminários, palestras, etc.. Ou melhor, fazer invencionices para melhoramos a nossa performance para nossos estudantes. As aulas não são mais atrativas... Eles dizem: melhor seria estar com a Galera ou a Turma... Atender celular, passar minhas mensagens, jogar meus novos games do celular, msn, orkut, facebook, mostrar meu aparelho de celular novinho .. . Tem muito mais opções! Perder tempo com estas aulas? Que tédio! Tudo está na Internet mesmo. Esqueci da elaboração dos projetos! Preciso de recursos financeiros para realizar alguns trabalhos e o prazo se encerra amanhã. Ainda bem que o envio é on line. O sistema, hoje em dia, em alguns editais recebem até 24 horas depois... UFA! Vai dar tempo.
Aqueles que precisam da nossa atenção em casa: mãe, pai, esposa, marido, filha, filho, neta, neto, noiva, noivo, namorada, namorado... Gato, cachorro, peixe, papagaio, periquito... etc? ELES PODEM ESPERAR!
E as minhas necessidades: físicas e fisiológicas? E o meu lazer e meu prazer? Confesso que às vezes me sobra um tempinho para isto tudo, apesar de serem atividades menos nobres.
Preciso dormir, mas tenho que TRABALHAR! Preciso acordar, antes de dormir. Estou doente! Não tenho tempo de ir ao médico... Depois vejo isto! Estou gravemente doente, mas não posso me curar. Preciso TRABALHAR e PRODUZIR mais papéis (textos, livros, artigos, relatórios,etc...). Meu CURRÍCULO LATTES está desatualizado! Tenho que produzir mais máquinas também, pois o mercado assim exige.
Fico triste no final. A maior parte de toda a minha produção permanece intocável e, na maioria das vezes, enfeitando estantes e gavetas. Poucos realmente lêem aquilo que é fruto de uma vida inteira de total entrega ao sistema. Ou no caso das máquinas, algumas ficam sem emprego. Ah! Eu não posso me queixar, pois apesar desta pequena carga de trabalho tenho um bom salário.
"Não sois máquinas! Homens é o que sois!" É uma famosa frase de Charles Chaplin, ou ainda "O que somos é conseqüência do que pensamos" de Buda. Acredito que isto é coisa do passado... Está fora de moda! Podemos ver que a geração atu al não os conhece, pois seus mais recentes ídolos e sua identidade são diferentes: ?Exterminador do Futuro ? Arnold Schwarzenegger?, ?Rambo ? Sylvester Stallone?, ?Indiana Jones ? Harrison Ford ? , ?007 - Daniel Craig?, etc. Estes são os verdadeiros heróis: imbatíveis, incansáveis e imortais. Estou doente... Gravemente doente... Incurável...
E no fim! AQUI JAZ um EX-PROFESSOR que um dia sonhou ser PESQUISADOR. (*)Prof. Dr. Robério Anastácio Ferreira Universidade Federal de Sergipe Departamento de Ciências Florestais Mestrado em Agroecossistemas Mestrado em Ecologia e Conservação Demais informação: acessar Currículo Lattes raf@ufs.br; raf@infonet.com.br Aracaju - SE, 27 de Agosto de 2010.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

1º de Dezembro dia Mundial da Luta contra AIDS

Teste rápido no Dia Mundial de Luta contra a Aids Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR 01/12/2010 | 13h05 | Saúde
O Dia Mundial da Luta Contra a Aids está sendo lembrado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde oferecendo teste rápido e gratuito, em frente à Igreja Basílica Nossa Senhora do Carmo. Imagem: Ed Wanderley/DP/D.A Press
Ed Wanderley/DP/D.A Press

O Dia Mundial da Luta Contra a Aids está sendo lembrado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) oferecendo teste rápido (leva cerca de 20 minutos) e gratuito, em frente à Igreja Basílica Nossa Senhora do Carmo, no bairro de Santo Antônio, Centro do Recife.

Um trailer será colocado no local e terá a capacidade para realizar 200 exames, das 9h às 16h. Se você já fez sexo pelo menos uma única vez sem usar camisinha já é motivo suficiente para fazer o teste. O coordenador do Programa Estadual de DST/Aids, François Figueirôa, defendeque o teste rápido é uma maneira de tornar o diagnóstico da doença mais acessível à população. "Quanto mais rápido se descobre, há mais chances de controlar os efeitos da infecção", alertou.

A ação itinerante da SES na Basílica do Carmo é para marcar a data, mas em qualquer dia é possível realizar o exame gratuitamente. Só não será tão rápido. O teste pode ser feito em qualquer posto de saúde ou ainda nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs). Ao todo, há 24 centros, em cidades como Recife, Olinda, Garanhuns, Petrolina, Palmares e Ipojuca.

François Figueirôa informou que a Aids torna-se cada vez mais uma doença controlável. Mas para isso é preciso um diagnóstico precoce. Quanto mais cedo for descoberta, melhor, pois o vírus altera o sistema imunológico e fica resistente. O diagnóstico precoce é muito importante também para mulheres grávidas. Se começarem o tratamento durante o pré-natal e não amamentarem, as chances do bebê adquirir o vírus HIV são reduzidas. Apesar do avanço no controle da doença, aAids ainda mata. "Quem morre mais é que tem o diagnóstico tardio ou quem abandona o uso do medicamento".

Doença

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi instituído em 1987, pela Organização Mundial de Saúde. Em Pernambuco, a primeira notificação de um caso ocorreu em 1983, em um homem. De lá para cá já foram registrados 14.751 pessoas acometidas pela doença no estado, sendo 9.813 homens e 4.938 mulheres. Segundo Figueirôa, os números nos últimos quatro anos estão se mantendo no mesmo patamar: cerca de 900 novos casos são registrados ao ano. O número equipara-se com os dados nacionais, mas ainda é muito alto.

É para evitar que esse número aumente que Jair Brandão Filho se dedica todos os dias. Ele milita na área desde 1998. Já se deparou com pessoas que achavam que HIV se pegava com beijo ou dividindo o mesmo prato. Mas também percebeu que por conta do avanço no controle da doença, muita gente não teme contrair o vírus. "Naquela época, quando eu tinha apenas 18 anos, a informação era que a Aids matava. Hoje,as pessoas pensam que o coquetel mata o vírus da Aids. Mas não mata. Não estou curado. Tenho que tomar remédio a vida toda", lembrou. Há cinco anos ele trabalha na ONG Gestos e luta por políticas públicas para as pessoas que convivem com o vírus e contra o preconceito. "A saída é prevenção e informação", resumiu.

HIV em números

900 é o número aproximado de novos casos que surgem por ano em Pernambuco

10,8% dos casos identificados no estado em 1990 eram mulheres

39,7% é o percentual de mulheres com a doença hoje em Pernambuco

89,2% era o percentual de homens entre os casos identificados em Pernambuco em 1990

630 mil é o número de casos de infecção por HIV em Pernambuco

255 mil delas nunca fizeram o teste diagnóstico

200 mil pessoas recebem o coquetel antiaids no Brasil

19 medicamentos, de cinco diferentes tipos, compõem os coqueteis

14,7 mil são os casos de infecção por HIV em Pernambuco. Destes:

4,9 mil são mulheres

9,8 mil do total são homens

Com informações do Diario de Pernambuco